Notícias
Escrito por FENADADOS  27/07/2017
Presidente da empresa anuncia superávit e negociadores apresentam déficit
Crédito : Félix Pereira

A reunião de negociação com o Serpro, que ocorreu no dia de ontem (26/07/2017), na sede da empresa, em Brasília, com transmissão para os representantes da Organização por Local de Trabalho – OLTs, exigiu firmeza, por parte dos Representantes dos Trabalhadores. A Fenadados, após receber a proposta da empresa de retirada de direitos históricos, constantes no Acordo Coletivo de Trabalho, afirmou que não aceitará nenhum direito a menos!!!

Uma reunião tensa onde, a direção da empresa apresentou seu interesse de retirada de direitos constantes em Acordos Coletivos de Trabalho há décadas, um tratamento diferenciado das demais empresas do segmento.

Em consonância com a atuação do Governo, a empresa quer que os trabalhadores paguem a conta, não apresentou nenhum índice de reajuste, muito pelo contrário. 

E desrespeitando o processo negocial e os trabalhadores e trabalhadoras da empresa, afirma que implementará o Banco de Horas e Turno Ininterrupto mesmo por fora do acordo.

Uma das justificavas fajuta dos negociadores para apresentarem retirada de direitos é a situação financeira da empresa, o que contradiz a presidente do Serpro que apresenta, em vídeo conferência, que a empresa está em situação de superávit.

Um bom gestor atua entre outros pontos, visando o bem estar de seu quadro de funcionários, não há boa gestão com proposta de retirada de direitos.

O momento é de resistência, os trabalhadores e trabalhadoras têm um chamado à Luta, próximo rodada de negociação, ocorre no dia 18 de agosto/2017, nas dependências da empresa, em Brasília.

Clique aqui e leia a Ata.

Agenda

Assista ao vídeo produzido pela Fenadados em apoio às mobilizações marcadas para este 8 de março e contra as reformas da previdência e trabalhista.

Fenadados no Facebook


Entre em contato