Notícias
Escrito por FENADADOS  11/08/2017
Profissionais de Tecnologia da Informação, juntos na Luta contra os Agrotóxicos.

Com a participação do Secretário de Meio Ambiente da FENADADOS - Alberto Lincoln, foi realizado em Salvador entre os dias 01 e 04 de agosto, a Reunião do Coletivo Nacional de Meio Ambiente da CUT. O encontro contou com a participação de mais de 30 dirigentes da pasta dos estados e ramos. Foram quatro dias de intensos debates e os trabalhos do coletivo, foram abertos com a apresentação das principais agendas da Secretaria Nacional de Meio Ambiente.

Os secretários e secretárias dos ramos e dos estados, fizeram uma exposição das atividades desenvolvidas e da atual situação da pasta. O que pôde ser percebido, foi avanços importantes correlacionado ao coletivo anterior. Contudo ficou evidente durante depoimentos dos participantes, que o grande desafio do Coletivo, é trazer o tema do meio ambiente cada vez mais para o centro da agenda da CUT, ramos e categorias.

O Seminário “Agrotóxicos e os desafios para o mundo do trabalho” realizado em parceria com a Fundação Friedrich Ebert, trouxe especialistas no tema, que a partir da analise sobre as fusões das seis gigantes da agroquímica e a cadeia de produção destes produtos, apontaram diversos aspectos que relacionam o mercado do agronegócio e as mazelas que atingem o meio ambiente e a classe trabalhadora. Um dos aspectos para reflexão, foi sobre a transição justa de Trabalho, que envolve a substituição dos trabalhadores pelas novas tecnologias no campo.

Foi realizada uma visita a uma estação de tratamento de água da Empresa Baiana de Água e Saneamento (EMBASA). Os secretários e secretárias foram recebidos pelo professor Francisco Oliveira, que realizou uma exposição sobre o funcionamento do abastecimento de água na Região Metropolitana de Salvador e guiou o grupo numa visita na qual foi possível observar as diversas etapas de tratamento pelas quais a água passa, desde seu estado bruto até chegar às torneiras das casas, em condições próprias para o consumo humano. Durante a visita foram discutidos temas como a importância da água para a saúde humana e os impactos negativos que a expansão imobiliária, do agronegócio e o desmatamento desenfreado, provocam sobre os rios, comprometendo a oferta de água de qualidade para toda a sociedade.

A CUT está engajada na construção do Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA 2018), que ocorrerá em Brasília, entre 17 e 19 de março de 2018 e este tema está entre as prioridades da central para o próximo período.

No encerramento dos debates os estados e ramos se comprometeram com o fortalecimento e construção dos coletivos (Meio Ambiente) e com o engajamento em uma série de atividades. Além da articulação com a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e pela Vida e a construção dos Comitês Regionais do FAMA 2018, foram apontadas iniciativas na área de manejo de resíduos, mobilidade e energia.

A Jornada Continental pela Democracia e contra o Neoliberalismo, que será realizada em Montevidéu entre 16 e 18 de novembro foi apontada como momento estratégico de construção de uma pauta latino-americana para o meio ambiente, na qual secretárias e secretários deverão se engajar.

“O objetivo do seminário era trazer como o uso do agrotóxicos têm relação com a vida de trabalhadores rurais e urbanos, desde aspectos mais conhecidos como os impactos na saúde e o meio ambiente mas também relações econômicas, políticas e sociais que estão ligadas à conjuntura que vivemos no Brasil ”afirmou Daniel Gaio - Secretario Nacional do MA“ os interesses econômicos por trás da bancada ruralista, que apoia o Temer, estão sendo atendido nesses governo golpista e vemos como estão completamente conectados com os retrocessos das reformas”, encerrou o dirigente.

Os profissionais de TI bem como toda a classe trabalhadora, deve estar a par e engajada na luta contra os agrotóxicos e pela preservação do Meio Ambiente como um todo.

Agenda

Assista ao vídeo produzido pela Fenadados em apoio às mobilizações marcadas para este 8 de março e contra as reformas da previdência e trabalhista.

Fenadados no Facebook


Entre em contato