Notícias
Escrito por FENADADOS  25/09/2019
Congresso da Fenadados debate privatizações

No primeiro dia do XX Congresso da Fenadados o painel "Privatização das Empresas Públicas Congresso da Fenadados debate privatizações TI" debateu o projeto entreguista do governo que pretende vender num primeiro momento dezessete empresas estatais, entre elas a Dataprev e o Serpro.

Com mediação de Vanusa Silva Araujo e Djalma Ferreira, integraram a mesa Rosane Cordeiro do SindadosMG, Luiz Carlos França do SindadosBA, José Antonio Garcia Lima da CUT Nacional e Sheyla Wilma do SindpdPE. 

José Antônio Garcia Lima da CUT nacional lembrou que as duas empresas de TI já estiveram na mira de governos neoliberais anteriores, com Collor e Fernando Henrique Cardoso.  Em ambos os momentos os trabalhadores e trabalhadoras, ao lado dos sindicatos  conseguiram barrar as ofensivas. Dessa vez não pode ser diferente.

O que difere a questão agora é o enfraquecimento das entidades sindicais, que, com a reforma trabalhista, perderam receita com o fim do imposto sindical. Para sair do outro lado, nesse momento, mais do que nunca é fundamental a unidade entre trabalhadores e suas entidades representativas.

É importante levar à sociedade o recado: o perigo é real e iminente. O que está em jogo é a privacidade dos dados de toda a sociedade, aí incluídos pessoas, empresas e governos. O resultado desejado pelo mercado é transformar esses dados em negócio,  e mais, negócio que vai sair caro também para o governo, que terá que pagar pelos serviços de alta tecnologia hoje executados pelas duas empresas.

Enfrentar essas questões exige do movimento sindical e dos trabalhadores estabelecerem uma estratégia de resistência e de financiamento das frentes de luta, que devem ser amplas, com unidade entre todas as empresas na lista de privatização promovida por uma política econômica anacrônica, que não gera investimentos nem empregos, e foca receitas apenas na retirada de direitos, como na Reforma da Previdência, e na venda do patrimônio do povo brasileiro.

Ao final dos debates os delegados e delegadas deliberaram que as teses apresentadas sejam entregues a uma comissão que vai sistematizar os documentos e entregar à Fenadados uma proposta final de programa de ação a ser tocado pela Federação e sindicatos.

Ex senador Lindberg Farias em defesa do Serpro e da Dataprev e contra as Privatizações

Fenadados no Facebook


Entre em contato