Notícias
Escrito por FENADADOS  09/10/2019
Fenadados filia-se à Contracs/CUT e fortalece organização do ramo do comércio e serviços
Crédito : Contracs
Fenadados filia-se à Contracs/CUT e fortalece organização do ramo do comércio e serviços

Por imprensa Contracs

Fenadados filia-se à Contracs/CUT e fortalece organização do ramo do comércio e serviços

Decisão foi aprovada em seu 20º congresso, realizado em João Pessoa

A Fenadados (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Processamento de Dados, Serviços de Informática e Similares) aprovou em seu 20º Congresso, realizado nos dias 25 e 26 de setembro, em João Pessoa –PB, a sua filiação à Contracs/CUT. A entidade, que possui 18 sindicatos filiados, representa importante segmento de trabalhadores e passa a somar esforços para fortalecer a organização sindical e enfrentar os desafios que a classe trabalhadora tem pela frente com os ataques proferidos aos seus direitos fundamentais.

Para o presidente da Contracs/CUT, Julimar Roberto, a filiação da Fenadados “é mais um grande passo no esforço de fortalecer as lutas dos vários segmentos e das lutas que cada um tem travado em defesa dos direitos dos trabalhadores, da Democracia e de um país soberano”. Além de fortalecer a organização sindical também a luta em conjunto foi ressaltada por Julimar “temos agora, toda a Contracs e suas entidades filiadas, o desafio de fortalecer a luta da Fenadados e suas pautas, a começar por engrossar o coro em defesa da DataPrev e do Serpro, ameaçados de privatização pelo governo Bolsonaro”.

Para Carlos Alberto Valadares (Gandola), “a Fenadados se junta à Contracs buscando fazê-la ainda mais forte e capaz de enfrentar os interesses do capital em benefício da classe trabalhadora. Uma Contracs mais forte faz a Fenadados igualmente mais capaz” concluiu o presidente da Fenadados.

O secretário de organização sindical da Contracs/CUT, Alexandre do Carmo, destacou que “o trabalho que vem sendo desenvolvido pela confederação é justamente fortalecer os instrumentos de organização dos segmentos que compõem o ramo do comércio e serviços como forma de resistência, de luta e de fortalecimento das entidades sindicais”.

Para José Antônio Garcia Lima, dirigente da Fenadados, “As discussões sobre a reorganização de bases à luz dos macrosetores produtivos repõem a nossa formulação para reflexão: grandes e fortes organizações capazes de enfrentar os interesses excludentes e concentradores de renda do capital - afinal, dividir para reinar é máxima constante em qualquer manual de ações das classes dominantes. É com essa perspectiva que a Fenadados vai se organizar na Contracs: ser mais forte no seu microespaço e fortalecer mais o macroespaço. A construção de representações fortes que libertem os trabalhadores do jugo da exploração e das humilhações históricas é tarefa impositiva dos que nos dizemos seus representantes”. 

 

Ex senador Lindberg Farias em defesa do Serpro e da Dataprev e contra as Privatizações

Fenadados no Facebook


Entre em contato