Notícias
Escrito por FENADADOS  17/12/2018
Cobra Tecnologia - Fenadados indicou representantes para o CAREF

Inicialmente destacamos que o Acordo Coletivo de Trabalho dos/as Trabalhadores/as da Cobra Tecnologia foi fruto de negociação pelas representações e culminou com deliberação dos trabalhadores, pela maioria das assembleias nos estados, que aprovaram a aceitação da proposta nos termos negociados. Hoje os benefícios constantes no ACT vigente são praticados para todos/as trabalhadores/as da empresa, nacionalmente. Mesmo para aqueles que aguardam o que consideram outras possibilidades.

 

A candidatura do trabalhador eleito para o Conselho de Administração da empresa requer que o candidato tenha alguns atributos, entre eles que o candidato representante dos trabalhadores tenha exercido cargo de gestão. Então, conclui-se, infelizmente, que a alteração nas normas para participação, exclui a maior parcela dos trabalhadores. Portanto são poucos os trabalhadores que têm condições de se candidatar e participar.

 

A Fenadados indicou 2 (dois) representantes e, ainda, um suplente. A Cobra Tecnologia não acatou a indicação. 

 

A Fenadados formalizou à empresa que os critérios que ela utilizou não contemplam a anterioridade da carta sindical, nem tão pouco a representatividade da Federação.

 

A Fenadados não se recusou a participar: Indicou representantes.

 

Para esclarecer: Conluio é um substantivo masculino na língua portuguesa, referente a um acordo que se estabelece entre dois ou mais indivíduos com o intuito de prejudicar outra pessoa. É considerado uma conspiração contra algo ou alguém.  Assim, publicações de notas que não transcrevem a verdade são os famosos Fake News.

 

A Fenadados, inclusive, foi procurada pelo diretor do sindicato de São Paulo para negociar a participação na Comissão Eleitoral e as tratativas estavam em curso, quando da publicação e veiculação dessa Fake News. Neste caso, da composição da comissão eleitoral – CAREF, se teve negociação para participação, não foi com a Fenadados. 

 

A direção da Cobra decidiu cancelar o processo eleitoral, pois optou por continuar com as tratativas com outra representação, ignorando a anterioridade e a representatividade.

Ex senador Lindberg Farias em defesa do Serpro e da Dataprev e contra as Privatizações

Fenadados no Facebook


Entre em contato