Notícias
Escrito por FENADADOS  11/03/2019
Apesar de cobranças, Dataprev faz silêncio

Data-base, conforme divulgamos a Pauta Nacional de Reivindicações dos/as Trabalhadores/as da Dataprev, foi entregue à empresa no dia 28 de fevereiro/2019. Na oportunidade formalizamos a solicitação de que a primeira reunião ocorresse no dia de amanhã 12 de março de 2019. 

Infelizmente, para esta solicitação não obtivemos nenhum posicionamento da diretoria da empresa. Na data de hoje, 11 de março de 2019, protocolamos novo ofício solicitando breve agendamento da reunião para início das tratativas referente à Campanha Salarial.

PLR 2018  - Após as assembleias estaduais, que ocorreram ano passado, terem deliberado, por maioria pela rejeição da proposta apresentada pela empresa, a Representação dos Trabalhadores formalizou à empresa e reiterou, através de ofício solicitação de agendamento de reunião. A empresa, respondeu em dezembro/2018 que estava aguardando orientação da SEST para continuidade das tratativas. Também no dia de hoje, 11 de março de 2019, protocolamos novo ofício solicitando breve agendamento da reunião para continuidade das tratativas referente a PLR 2018.

Clique aqui e leia os ofícios que foram protocolados hoje.

 

 

Presidente da Fenadados, Carlos Alberto Valadares (Gandola) alertou os deputados, na Assembléia Legislativa do Pará, que a venda do Serpro e da Dataprev colocará em risco a paralisação do governo, caso empresa privada descumpra contrato. Também lembrou que o comprador terá exclusividade na prestação do serviço ao governo, acabando com a isonomia no mercado, que hoje através de licitações se habilita a prestar os serviços de informática.

Fenadados no Facebook


Entre em contato