Notícias
Escrito por FENADADOS  15/10/2018
Serpro PPLR - Proposta da empresa é de ampliar disputa entre trabalhadores

O Serpro após 8 (oito anos) sem o pagamento da PPLR, convoca a Fenadados para uma reunião para discutir sobre o próximo programa que irá distribuir os lucros e resultados da empresa em 2019, para pagamento em 2020.  A reunião ocorreu dia 11/10/2018, às 14:00, através de videoconferência em conexão com os estados do Ceará, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Como se não bastasse a longa espera por esse reconhecimento/pagamento, o SERPRO apresentou uma proposta que em nada contribui para motivar coletivamente o corpo funcional, pelo contrário, usa a meritocracia como justificativa para continuar excluindo e fortalecendo a divisão entre os trabalhadores até porque, o cumprimento das metas em sua maioria tem um resultado coletivo e, o objetivo principal do processo é mostrar que, a força de uma empresa está na união e no esforço conjunto do seu patrimônio humano. Para além de trazer uma competição sem precedentes, a proposta ainda distribui o lucro de forma escalonada. 

Vamos aguardar a empresa encaminhar as metas para que possamos analisar a proposta como um todo e dar início aos nossos debates e decisões.

 

Presidente da Fenadados, Carlos Alberto Valadares (Gandola) alertou os deputados, na Assembléia Legislativa do Pará, que a venda do Serpro e da Dataprev colocará em risco a paralisação do governo, caso empresa privada descumpra contrato. Também lembrou que o comprador terá exclusividade na prestação do serviço ao governo, acabando com a isonomia no mercado, que hoje através de licitações se habilita a prestar os serviços de informática.

Fenadados no Facebook


Entre em contato