Notícias
Escrito por FENADADOS  25/08/2017
Encerrada a Campanha Salarial dos Trabalhadores da Unisys
Crédito : Félix Pereira

COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA – 22/08/2017
 
Em reunião realizada na tarde do último dia 22 de agosto de 2017 na sede do SINDPD-DF, reuniram-se a representação da empresa UNISYS em Brasília , a coordenação de Campanha Salarial da FENADADOS e o SINDPD-DF para discutir sobre a realocação de trabalhadora, devido a problemas de saúde originários das funções exercidas no local de trabalho, onde após muito debate se avançou numa proposta que visa solucionar a situação definitivamente. Os membros da empresa submeterão a discussão à diretoria da UNISYS BRASIL e retornarão uma resposta à representação dos trabalhadores o quanto antes.
 
ACT 2017/2018 E PLR 2017 – 23/08/2017
 
Em reunião realizada também na sede do SINDPD-DF, na tarde desta última quarta-feira, dia 23 de agosto de 2017, entre a representação da empresa e a Coordenação Nacional de Campanha Salarial da UNISYS e os sindicatos do RJ, MG, DF e BA, foi assinado o ACT 2017/2018 garantindo aos trabalhadores o reajuste de 5% em todas as cláusulas econômicas conforme aprovado nas assembleias realizadas nos estados.
 
Ainda nesta reunião foram discutidos temas de interesse da categoria, tais como: DESCONTO NO SALÁRIO DOS EMPREGADOS DO DF DEVIDO A GREVE GERAL DE 30/07/2017; HORAS EXTRAS; REEMBOLSO JANTAR; REAJUSTE DO KM RODADO E PLR 2017.
 
A empresa analisará todas as questões e dará retorno à representação dos trabalhadores na próxima reunião e sobre a PLR 2017, a representação dos trabalhadores não entendeu o por que da apresentação das metas em dólares, questionou a empresa e esta negociação continuará em reunião a ser agendada entre as partes no intuito de construir uma proposta que atenda aos anseios dos trabalhadores e que dê clareza nas metas  a serem atingidas.
 

Presidente da Fenadados, Carlos Alberto Valadares (Gandola) alertou os deputados, na Assembléia Legislativa do Pará, que a venda do Serpro e da Dataprev colocará em risco a paralisação do governo, caso empresa privada descumpra contrato. Também lembrou que o comprador terá exclusividade na prestação do serviço ao governo, acabando com a isonomia no mercado, que hoje através de licitações se habilita a prestar os serviços de informática.

Fenadados no Facebook


Entre em contato