SERPRO: sindicatos e FENADADOS pedem suspensão no reajuste do custeio no plano de saúde

Sindicatos e a FENADADOS enviaram ofício à direção do SERPRO em 29 de Novembro em que exigem mais informações e marcação de reunião para tratar do reajuste de 25% no custeio do Plano de Saúde (PAS) pelos trabalhadores e pelas trabalhadoras.

Devido ao grande impacto que esta medida, tomada de forma unilateral pela direção da empresa, irá causar à categoria, as representações também pediram que o aumento seja suspenso até Janeiro de 2023. A intenção é que as representações dos trabalhadores e das trabalhadoras possam, ainda em dezembro, dialogar sobre este reajuste com o SERPRO, conforme previsto na Cláusula 3ª do ACT (Acordo Coletivo de Trabalho).

Cliique abaixo para acessar o documento enviado ao SERPRO

Há um sério risco de que vários trabalhadores e várias trabalhadoras tenham sua permanência no plano de saúde inviabilizada devido ao alto custo, o que além de deixar as pessoas descobertas pode, em um futuro próximo, colocar em risco a sobrevivência do próprio plano.

FENADADOS, sindicatos filiados, Sindppd-RS e Sindpd-SC