Um giro pela greve dos trabalhadores da Dataprev no dia de hoje

Publicação: FENADADOS e sindicatos filiados FNI, Sindppd-RS e Sindpd-SC

Presidente da CONTRACS na greve da Dataprev Brasília

Trabalhadores, da Dataprev Brasília, recebem informações do diretor da Fenadados/Sindpd-DF, Eudes. Clique no link abaixo e confira

http://fenadados.org.br/wp-content/uploads/2020/01/WhatsApp-Video-2020-01-31-at-10.52.10.mp4

Em Brasília a greve está a todo vapor – Dataprev
Trabalhadores/as da Paraíba firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores/as do Espírito Santo firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores/as da Bahia firmes na greve – Dataprev

http://fenadados.org.br/wp-content/uploads/2020/01/bahia-nao-somos-lixo.mp4

Clique no link abaixo TRABALHADOR NÃO É LIXO

No Paraná lideranças se reunem para discutir a greve – Dataprev
Trabalhadores do Mato Grosso do Sul firmes na greve – Dataprev

Clique no link abaixo e veja o esquenta do ato Dataprev Ceará

http://fenadados.org.br/wp-content/uploads/2020/01/INICIO-CEARA.mp4

Trabalhadores do Ceará continuam firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores do Ceará continuam firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores do Ceará continuam firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores doTocantins continuam firmes na greve – Dataprev

Clique no link abaixo e veja que caminhando e cantando, a luta continua em Sergipe – Dataprev

http://fenadados.org.br/wp-content/uploads/2020/01/MUSICA-EM-SERGIPE.mp4

Trabalhadores de Sergipe continuam firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores de Goiás continuam firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores de Goiás continuam firmes na greve – Dataprev
Trabalhadores/as de Santa Catarina firmes na greve
TRabalhadores do :Rio de Janeiro – Cosme Velho – firmes na greve – Dataprev

Sindppd-RS – Pede direito de resposta na Rádio Gaucha

SINDPPD/RS PEDE DIREITO DE RESPOSTA NA RÁDIO GAÚCHA

SINDPPD/RS PEDE DIREITO DE RESPOSTA NA RÁDIO GAÚCHAO Secretário de Desestatização do Governo Federal, Salim Mattar, MENTIU descaradamente em entrevista ao vivo à Rádio Gaúcha, dizendo que os trabalhadores do SERPRO E DATAPREV vendem os dados da população, assim, tentando justificar a privatização. A jornalista Rosane de Oliveira recebeu o nosso pedido de direito de resposta mas não convidou a categoria a explicar.Fizemos um vídeo respondendo às mentiras, que pode ser visto aqui:https://www.facebook.com/sindppd/videos/175620353537537/Faça a sua parte e ajude a compartilhar o video.

Publicado por Sindppd/RS Sindicato em Sexta-feira, 31 de janeiro de 2020
Rio Grande do Norte firmes na greve – Dataprev
Dataprev Rio Grande do Norte adesão total da greve – Dataprev
Minas Gerais na greve e na luta contra a privatização