Nesta terça feira a greve da Dataprev se expande pelo país. O recado foi dado: não às demissões e a privatização.

A GREVE, QUE COMEÇOU NA SEMANA PASSADA NOS 20 ESCRITÓRIOS AMEAÇADOS PELO FECHAMENTO E A DEMISSÃO DE 494 TRABALHADORES COMO PARTE DA POLÍTICA DO GOVERNO PRIVATISTA, CRESCEU. A DIREÇÃO DA DATAPREV, APESAR DAS TENTATIVAS DE SUFOCAR A GREVE, PERDEU O CONTROLE E A EMPRESA AMANHECEU PARADA NESTA TERÇA-FEIRA (28/1) DE NORTE A SUL DO PAÍS. O SECRETÁRIO SALIM MATTAR QUE HAVIA COMEMORADO AS MEDIDAS DA DIREÇÃO DA EMPRESA NO SEU TWITTER, DEMONSTROU COM ISSO QUE A DECISÃO NÃO ERA UMA MERA META DA EMPRESA E SIM PARTE DA POLÍTICA DO GOVERNO PRIVATISTA.

Ceará na greve – Dataprev
Sergipe em greve – Dataprev

A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA, 27/01, O CENTRO DE DADOS DE BRASÍLIA E NESTA TERÇA ENTRARAM EM GREVE AS UNIDADES DE DESENVOLVIMENTO DA PARAÍBA, DO CEARÁ, DO RIO GRANDE DO NORTE E SANTA CATARINA E O CENTRO DE DADOS DO RJ QUE TEM DOIS PRÉDIOS, NA ÁLVARO RODRIGUES E NO COSME VELHO, ONDE TRABALHAM MAIS DE MIL E DUZENTOS TRABALHADORES. NESTA SEXTA-FEIRA, O CENTRO DE DADOS DE SÃO PAULO, ENTRARÁ TAMBÉM EM GREVE. É IMPORTANTE SALIENTAR QUE A UNIDADES DE DESENVOLVIMENTO E CENTRO DE DADOS NÃO ESTAVAM NA LISTA DAS DEMISSÕES E FECHAMENTO, COMO ERA COM OS 20 ESCRITÓRIOS, MAS AINDA ASSIM OS TRABALHADORES DESTES LOCAIS INGRESSARAM NA GREVE EM APOIO AOS 494 AMEAÇADOS DE DEMISSÃO E CONTRA O DESMONTE DA EMPRESA QUE PREPARA A PRIVATIZAÇÃO.

Paraná em greve – Dataprev
Brasília em greve – Dataprev
Paraíba em greve – Dataprev

ASSIM, A RESISTÊNCIA CRESCEU E ATINGIU O CORAÇÃO DA EMPRESA. A DIREÇÃO NÃO CONTAVA COM A CORAGEM E DISPOSIÇÃO DE LUTA DOS TRABALHADORES DA DATAPREV QUE NÃO ACEITAM VER A EMPRESA SENDO DESTRUÍDA PARA SER VENDIDA A PREÇO DE BANANA AOS EMPRESÁRIOS AMIGOS DA PRESIDENTE DA EMPRESA, CHRISTIANE EDINGTON, DO PAULO UEBEL, DO SALIM E DO CONJUNTO DO GOVERNO. NÃO ADIANTOU A EMPRESA FAZER PRESSÃO, ASSÉDIO MORAL, CRIAR LISTAS E OUTRAS ARTIMANHAS, POIS OS TRABALHADORES SABEM O SIGNIFICADO DO ATAQUE E ESTÃO SOLIDÁRIOS COM OS 494 COLEGAS DEMITIDOS, POIS JUNTOS CONSTRUÍRAM A DATAPREV QUE CONHECEMOS, UMA EMPRESA LUCRATIVA E ESPECIALISTA NOS SERVIÇOS QUE PRESTA PARA O INSS E OUTROS ÓRGÃOS. 

Rio Grande do Norte em greve – Dataprev
Brasília em greve – Dataprev
Greve Minas Gerais Dataprev
Piauí em greve – Dataprev
Paraíba em greve – Dataprev
Ceará em greve – Dataprev
Rio Grande do Norte em greve – Dataprev
Bahia em greve – Dataprev
Bahia em greve – Dataprev
Amapá na Greve – Dataprev
Rio de Janeiro em greve – Dataprev
Rio de Janeiro em greve – Dataprev
Rio de Janeiro em greve – Dataprev
Greve Rio de Janeiro – Dataprev
Rio de Janeiro em greve – Dataprev
Porto Alegre em greve – Dataprev
Tocantins em greve – Dataprev
Santa Catarina em greve – Dataprev
Santa Catarina em greve – Dataprev
Pará em greve – Dataprev
Pernambuco em greve – Dataprev
Pernambuco em greve – Dataprev
Sergipe na greve – Dataprev
Rio de Janeiro aprova a greve – Dataprev

UM FORTE RECADO ESTÁ SENDO DADO, QUEREMOS OS EMPREGOS DOS TRABALHADORES DE VOLTA, INCLUSIVE COM REALOCAÇÃO NOS ÓRGÃOS DO GOVERNO E NO INSS COMO JÁ FOI FEITO PELO GOVERNO COM 49 TRABALHADORES HÁ MENOS DE 10 DIAS ATRAVÉS DE PORTARIA PARA ESTE FIM.

PAREM DE DESMONTAR A DATAPREV E RESPEITEM A LEGISLAÇÃO DO PAÍS, NÃO VAI TER PRIVATIZAÇÃO ÀS ESCONDIDAS. NÃO IRÃO PASSAR POR CIMA DOS TRABALHADORES.

OS TRABALHADORES DO SERPRO EM TODO O PAÍS ESTÃO SOLIDÁRIOS AOS COLEGAS DA DATRAPREV, POIS SABEM QUE O PROJETO É O MESMO, MAS COM OUTRA ROUPAGEM. O EXEMPLO DOS TRABALHADORES DA DATAPREV MERECE O RESPEITO DE TODA A T.I. PÚBLICA BRASILEIRA.

A GREVE DOS TRABALHADORES DA DATAPREV SEGUE E PRECISA DE TODA A FORÇA E SOLIDARIEDADE.

FENADADOS e sindicatos filiados FNI, Sindppd-RS e Sindpd-SC

One thought on “Nesta terça feira a greve da Dataprev se expande pelo país. O recado foi dado: não às demissões e a privatização.

Comments are closed.